Ser Essência

180920161

Pra quem não sabe, ontem (dia 21) foi meu aniversário de 26 anos.
Amo fazer aniversário! Utilizo a data pra momento de reflexão, sobre o que passei até ali, sobre o que planejo dali pra frente. E de tempos para cá tenho desejado apenas estar cada vez mais presente naquilo que é essencia de mim, naquilo que me faz plena e tem meu amor.

Não podemos nos esquecer nunca de quem somos, negar nossos gostos, opiniões e essência só porque o resto do mundo não é assim ou não gostaria que fossemos. É muito, muito importante que nós possamos olhar no espelho e gostar do que vemos, sentir amor pelo nosso próprio reflexo.

Não há problema em querer ser mais, mas primeiro é preciso se reconhecer, gostar de si. Pois a gente, do jeitinho que somos, já somos o suficiente, já temos o suficiente para ser algo bom. Ser melhor, é dali pra frente. Mas é preciso partir dali, sabendo de onde se está partindo.

Não largue mão da beleza do seu Ser tentando ser o que os outros querem de você. E se o que você foi até agora tem sido uma versão não tão fiel de você mesmo, ainda há tempo de se libertar, de se descobrir, se enxergar como seu!
Todos nós temos angustias, medos, fraquezas, cicatrizes, somos feitos disso, de alegrias, de gostos, características próprias, personalidades diferentes e pensamentos individuais. Aproprie-se dos seus, aproprie-se do seu Ser, descubra sua essência e viva pleno.

Não se sinta responsável pelo que irão pensar de você, voce não é.  Você só é responsável pelo que é e quem quer se tornar. E isso leva tempo, demanda conhecimento de si e muito trabalho de evolução própria. Mas faça isso por você.

Quando eu coloquei isso na minha cabeça, de que poderia ser como sou, gostar do que gosto, fazer o que me faz feliz e gostar mais de mim, eu comecei a me sentir mais leve. Não sou muito diferente do resto do mundo, nada em especial, apenas me sentia um tanto inferior por não ser exatamente igual, principalmente ás pessoas da minha idade, minhas amigas e pessoas que via pelas ruas.

Meus ideais de felicidade nunca tiveram bebida e festas noturnas, era mais pra chás e manhãs ao sol. Percebe que não há problema nenhum em gostar de chá e manhãs ao sol? Mas na minha cabeça isso era estranho, porque todo mundo gostava de cerveja e noitada. E eles pareciam mais “adultos” bebendo e festejando, pareciam felizes e satisfeitos de acordar com ressaca. E eu… bom, eu prefiro chás e manhãs de sol … hahah…  sempre! E hoje eu faço e falo isso com muito leveza no coração. Me aceitei, me amei e vivo bem! Aceito quem vive diferente e não me importo se esse alguém me acha meio bocó por não beber ás sextas-feiras á noite. Aliás, sexta-feira nem é meu dia favorito, prefiro os domingos… de manhã,claro! 😉

Viver me comprometendo com a minha verdade, com a minha essência, me faz uma pessoa mais leve, plena e feliz. Fica muito mais fácil aceitar defeitos, diferenças e amar o próximo quando a gente ama a si mesmo. <3

Veja em mim a minha essência e permita que eu veja em ti a tua!

Talvez você curta ver isso

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *