Aprendizados do Cotidiano

Manhãs de domingo

Olá pessoal!
Olha eu aqui novamente! .. .estou me mantendo ativa neste espaço e isso é algo que me orgulho muito pois já havia começado coisas parecidas umas três vezes e abandonei logo no inicio, um pouco por falta de vontade na época, mas muuuito era por falta de disciplina. Agora eu me destino a escrever um pouquinho por dia (ou a cada dois dias) e tento completar algo para postar por semana.
Um Muito Obrigada de todo coração a você que me lê, espero que seja uma leitura confortável, afinal de contas, estamos na era YouTube onde LER não é mais tão interessante pra muita gente.

Pois bem… cá estou e quero compartilhar com vocês minha atividade preferida do fim de semana:
Brincar na praia com o cachorro!!

Pra quem não sabe, eu moro em apartamento e tenho um cãozinho filhote com a energia de um time de corredores olímpicos! hahah… Então todo fim de semana levamos ele pra torrar essa energia brincando na praia, ele corre comigo na areia, busca gravetos, cava crateras na areia, se molha no mar e volta realizado pra casa. Um amor de ver.

001Como ele é um pouco anti-social (late pra outros cachorros, quer correr atras de outras pessoas, é escandaloso demais), optamos sempre por levar ele em uma praia menos frequentada pelo pessoal da região, e no domingo pela manhã, porque ninguém acorda cedo no domingo, só nós e a galera que assiste globo rural (mas estes estão em casa assistindo globo rural hehe).

Por algumas horinhas a praia fica sendo toda nossa. Uma delicia!
Corremos de um lado pra outro, e eu que não sou boba nem nada aproveito esse momento “free spirit” para brincar na areia também. Fazer piruetas na areia é muito bom, se a gente cai não se machuca, aliás, é ótimo cair na areia, é nostálgico! A gente volta a ser criança. Eu sempre saio de lá descabelada, suada, com areia do dedão do pé até o último fio de cabelo, com uma sede violenta porque uma garrafinha de água só não basta, com calor, com as pernas moles e com a energia renovada! Parece que rejuvenesci  uns 5 anos na brincadeira e chego em casa com uma disposição ímpar! É ótimo!

Brincar é bom, correr livre, gargalhar alto, cair de bunda no chão, desenhar na areia, apostar corrida, fugir das ondinhas…  brincar é bom, é ótimo, é fonte de juventude pra mente e pro espírito!
Não dá pra levar a vida sempre sério, com cara de empresário ocupado só para parecer mais confiável, se fazer de gente grande que só se diverte em festa adulta que tenha álcool e luzes neon.

Ter uma criança ou um bichinho por perto ajuda muito a não esquecer da simplicidade que é brincar e rir por pouco. Super recomendo! Esses espuletinhas fazem a vida mais feliz!

Acho que o segredo da felicidade está em se enturmar com a vida, não deixar nossa criança interior morrer.  Se divertir com as piadas bobas, rir dos próprios erros, tirar sarro com os enganos e tropeços que cometemos pelo caminho, tá tudo na conta do Ser Feliz.

Precisamos deixar o riso mais frouxo, a vida mais leve, o espirito mais convidativo á dança, aos abraços grátis, ás piruetas  e aos tombos também.

Vem …  vira estrelinha, dá uma cambota …   deixa essa criança brincar… <3

 

3 Comentários

  • Lilian Cardoso

    Caramba, eu fico meio chateada às vezes que os blogs tenham perdido TANTO espaço assim… Era tão bom! As pessoas se dedicavam e eu podia entrar todo dia nos meus blogs favoritos, que encontraria novos posts. Agora, infelizmente, muitos ficam muito tempo sem atualizar. Mas acredito que o pior é que, de fato, a maioria passou a blogar apenas pra tentar ganhar produtos e dinheiro: resultando em posts que não dá pra digerir! São chatos de ler e você não vê o menor carinho neles (não generalizando).
    E eu gosto MUITO mais de blogs do que de Youtube, hahaha. Sinto falta mesmo </3
    Você mora em um lugar muito lindo, fala sério! Dá até vontade de levar seu cachorro pra brincar com você, rs.
    Eu tenho uma gata e ela é bem antisocial… Só aparece quando quer carinho ou comida UASHAUSH Sou doida pra ter um cachorrinho… Eu fico literalmente boba perto deles!
    Ser criança é bom, é ser feliz sem medo de julgamentos e sem limites pra deixar a alegria entrar e fluir <3

    • olivegi

      Acho que aconteceu naturalmente, as pessoas ficaram mais ocupadas, menos tempo é menos tempo livre pra curtir leituras de blog, menos tempo livre para escrever e daí foram migrando para o Youtube onde voce pode dar o Play e as palavras vão sendo vomitadas em forma de som, menos atenção, menos foco para entender, menos tempo dedicado. Não sou contra videos do Youtube, TV, radio, evolução tecnológica, nada disso, mas acho que as boas coisas permanecem quando existe pelo menos uma pessoa as cultivando. Voce ta aí para ilustrar isso Li, comecei a escrever nesse espaço vendo o seu blog e de outras meninas que escreviam sem compromisso publicitário, escreviam para si, com sensibilidade e carinho. Isso é inspirador, e não morre. Não importa quantos videos sejam publicados no Youtube ou quantos produtos sejam divulgados nos posts pagos, o blog pessoal ainda vive para aqueles que querem fazer do espaço virtual a extensão da sua casa e juntar pessoas com almas parecidas. <3

      Meu cachorro é anti-social, só conseguimos levar ele de boa em lugares vazios hehe.. eu tive uma gatinha, tambem só aparecia pra comer ou receber carinho... bichinho safado. hahaha..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *