Desafie-se!

9279165321cc1485c076e53b2e2fc096

Desafie-se.

Crie metas.

Seja seu próprio adversário.

Nada é mais estimulante do que encarar um desafio, definir uma meta, e saber que consegue atingi-la! Pequenas vitórias estimulam a prosseguir. Comece aos poucos, com metas pequenas e possíveis.
Beber mais água;
Alongar;
Começar a leitura daquele livro que está parado aí;

Coisas simples, rápidas de lembrar e realizar… Desafie-se e realize!… E conforme as metas vão sendo cumpridas, crie novas… Um pouquinho todos os dias, uma meta de cada vez…E a sua evolução vai acontecendo.
Não inicie com ideias enormes, difíceis e que exigem muito esforço, a chance de você se desmotivar e desistir no meio do caminho é muito alta. Comece pelo simples. Essa meta foi fácil d+?   Perfeito, já passa pra próxima! Mas que a dificuldade seja gradual, um degrau por vez.
É assim que mudamos as coisas: aos poucos. Criando hábitos, criando metas, alterando a distância da linha de chegada, pouco a pouco, passo-a-passo.

10302460_1718651141696699_1579011818932876033_n

 

Vamos lá, sair dessa zona de conforto?!!

A semana apenas começou, o mês tá no início, o ano ainda não acabou… Qualquer hora é hora de começar! Não deixa pra amanhã, não espera a segunda-feira, o sol, o Dia D.
O Dia D é hoje! é AGORA! Abre o App de notas do teu smartphone e escreve aí a tua primeira meta!!! Se tem uma coisa que aprendi no meu caminho até aqui é que eu sou meu maior inimigo e meu maior motivador. Sempre que uma ideia pessimista domina minha mente, eu me desafio a mostrar a mim mesma que estou errada. Porque quem sabe dos meus limites sou eu.

Te desafia a mostrar a si mesmo todos os dias que algo é possível, que você pode mudar sua vida incluindo pequenas metas, tornando real pequenos gestos.

Dentro da nossa mente quem dita os limites somos nós!!!
Acorda, bate aquela vitamina com fruta e corre pra vida…
Porque hoje é dia de desafio… todo dia é!

Abraços, Gi.

 

*As ilustras lindas deste Post são do @chuviscoderisco
Quem não conhece precisa conhecer. Siga nas redes!

Talvez você curta ver isso

2 Comentários

    1. Stephanie, tenho essa mesma percepção comigo. Só “vou lá e faço” quando me desafio a fazer, como uma competição. Preciso sempre duvidar e provar a mim mesma que eu dou conta. Mas não é de todo ruim, eu acho o máximo me superar a cada meta! E meta não cumprida volta sempre a ser meta, não desisto nunca! hehe…
      Obrigada pela tua presença e carinho aqui, volte sempre!
      Beijos! :*

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *