Deixe que as folhas caiam

top

Desapega das tuas folhas e se prepara para nutrir teu terreno para o próximo cultivo. A vida é ciclo.
No inverno as folhas caem para adubar o solo, logo chega a primavera para te fazer florir novamente!
Por hora… desapega dos teus excessos.
Abundância é uma vibração, vibrar abundância é não viver como se tudo lhe faltasse,
é oferecer ao mundo aquilo que quer que transborde, quanto mais você entrega ao próximo, mais aquilo retorna a você, eis a abundância.
Quer uma vida de paz? Ofereça isso a quem convive ao teu redor.
Quer uma vida de amor? Ame e demonstre isso com carinho.
Quer uma vida feliz? Comece sorrindo por pequenas coisas.
Quer uma vida bela e abundante? Perceba mais os detalhes, vibre nas pequenas conquistas, ame as pessoas, critique menos, compreenda mais, empatia é desapego do ego.
.
Bem-vindo inverno!

Continue Reading

CERTEZAS SÃO PONTOS FINAIS

entreondas

E quem disse que preciso de certezas?

Que as coisas não podem ser como são e pronto,  sem mimimi, sem “provas”.
Simplesmente seguir…. Com dúvidas, com questões, com surpresas!
Sentindo e aprendendo cada dia mais, sem findar os momentos e experiências. Sem se culpar por ainda não saber, ou ter dúvidas.

Quando nos faltam certezas, sobra o movimento da ida, a curiosidade necessária para o aprendizado.
Certezas nos fecham os olhos, ouvidos e coração. Nos tornam faróis que direcionam outros com opiniões e ideias já concretas, mas nunca é visitado por outros barcos, nunca conheceu outros povos, outras histórias de mares. Serei Porto, com ideias e opiniões á oferecer, mas aberta a ouvir e aceitar as novas formas de pensar que vierem.

Tenho certezas na vida, mas não aposto que minhas certezas sejam únicas e verdadeiras.
Escolho sempre como e por onde andar, mas não esqueço de a cada curva, olhar para trás e para frente e se certificar que o caminho que escolhi ainda continua sendo o certo,  desperto minhas dúvidas a cada nova esquina.

E se eu decidi continuar seguindo, saberei que escolhi pela fé no caminhar, e não pela certeza ilusória do destino.
Ninguém sabe ao certo o que há no fim, o agora é tudo que temos, vivo nele e o que vier que venha pra somar mais dúvidas e indagações, pois são elas que me fazem pensar,  seguir em frente e descobrir o que vem adiante.

Certezas são pontos finais, e eu…
…eu sou reticências, desejo o infinito…

Continue Reading

Quem é você?

entreondas
Goste da pessoa que você é, ou então mude para gostar.

Hoje posso dizer que gosto muito mais de mim. Não me vejo mais como uma formação universitária ou uma profissão. Não me apresento mais assim, não me DEFINO mais por isso.

03622f7e250817564a1a9f658c4fc9d2

Também não vejo mais as pessoas assim, pouco me interessa no que você trabalha, não faço seleção de empregos hehe… não me importa onde frequenta, as marcas que usa ou o carro que dirige. Quando pergunto quem é você quero saber teu nome, teus sonhos, tuas vontades. Tua essência muito me interessa, e a minha também.

Acredito que sejam fases, momentos de vida que passamos e vão contribuindo para nossa própria auto-definição, antes desse momento deixamos que outros nos definam, talvez por ainda não sabermos realmente quem somos.
Quando criança são nossas famílias que nos definem. –  a filha do Gelson – a neta do José.
Na escola, os colegas. – a novata – a cdf – a quatro-olhos.
Na faculdade é o momento em que nós mesmos começamos a nos apresentar, porque nos dão essa chance já no primeiro dia de aula, mas já estamos tão acostumados a receber definições de outros, que só seguimos a receita.
– a estudante de Design.
Depois vem o emprego, no qual já nos apresentamos com a pré-definição da faculdade. E a cada troca de emprego você troca também de identidade, e quando a faculdade acaba, o emprego se torna o seu RG principal. – a fotógrafa – a editora – a designer.

de5c0de82693fb43ca37ae4ecf56d13d

Mais da metade da nossa vida são outras pessoas que nos definem, que dizem quem somos, o que fazemos, de onde viemos e para onde vamos. Mas chega um determinado tempo em que isso já não pode mais ser assim. É um tempo de consciência sobre si próprio que precisa acontecer (olha eu aqui dizendo o que você deve fazer).
Mas acredito que cada pessoa tenha seu tempo, seu momento, uma hora ou outra a gente pára pra pensar na nossa própria vida e resolve que ninguém mais pode tomar nossas rédeas, nos direcionar ou nos definir. E é nesse momento que a gente decide o que fica e o que o vento leva da gente.

b09d32ad49851db7b93a1d8e1be7a8fc

O mais importante é se olhar no espelho e sentir que ali habita alguém do bem, alguém de quem você se orgulha, alguém que você sentirá prazer de estar a vida toda, um você que vale a pena ser.

Cultivar em você qualidades que você admira é a maior prova de amor que você dará ao mundo. Ser alguém melhor para você e para todos contribui para que outros também busquem ser melhores.
E os defeitos, bem… os defeitos sempre existirão, mas são sempre motivação para mudança e evolução, eles não te definem, aliás, nada mais te define, a não ser que você permita, lembre-se disso.

E então… quem é você? …  em essência, por você mesmo…
Já se perguntou isso?
 A resposta nem sempre vem de cara, acho que a gente fica meio imerso em um limbo entre quem sou e quem desejo ser. Mas isso já é alguma coisa, estar em transição é muito melhor do que estar definido, até por que a vida é movimento e evolução, e se a gente não escolhe pra onde ir, alguém vem e escolhe pela gente, porque ficar parado não é uma opção.
Pelo menos é isso o que eu penso. 😉

As ilustras lindas deste post são de Henn Kim, que retrata o cotidiano em obras p&b cheias de metáforas e surrealismo.
Continue Reading

Quem não quero Ser

top
Eu não quero ser um cara normal vestido de terno e sapato apertado, com hora marcada pra tudo menos pra relaxar;

Eu não quero ser um cara normal que começa a semana aguardando pelo fim, que afoga as frustrações no copo de cerveja, que frequenta lugares de som alto pra abafar os gritos da própria consciência.

Eu não quero ser um cara normal preocupado com a inflação, Crise e o preço da gasolina. Que reclama da segunda e glorifica a sexta, que considera domingo com a família um porre.

Eu não quero ser um cara normal que faz dieta pra emagrecer e cirurgia pra parecer mais novo. Que acha absurdo moleques pedindo esmola no sinal, mas todo mês faz compras em algum outlet famosinho.

Eu não quero ser um cara normal, julgando a estética, ignorando a semântica. Colecionando amores que não deram certo. Apostando em relações frias e distantes.

Eu não quero ser um cara normal com muitos amigos e poucos irmãos. Com muitas mãos para segurar os copos mas poucos ombros pra suportar um choro.

Não quero ser normal…

Eu quero ser um cara diferente disso tudo. Quero sorrisos sinceros, quero amigos sinceros, quero acordar e agradecer, quero me divertir sóbrio, me alegrar na segunda-feira e viver um dia de cada vez, uma alegria de cada vez, sem pressa, sem correr atrás do sucesso e do dinheiro, sem perder tempo com o stress. Quero andar lado a lado com a vida, fechar os olhos quando a brisa soprar, abrir os braços quando avistar o horizonte, silenciar quando a lua tocar o mar.

Quero ser feliz, e por isso não posso ser normal.
Pessoas normais se ocupam em correr contra o tempo, juntando conquistas que irão viver um dia. eu só quero andar de mãos dadas com a vida, conquista-lá a cada passo, ter o tempo como aliado, degustando cada segundo em que posso ser feliz.

Eu realmente não quero ser um cara normal.
Continue Reading